Por: Valter Casarin

Os entusiastas da jardinagem e horta caseira têm consciência da necessidade de cuidados com as plantas, especialmente durante o inverno. As baixas temperaturas e geadas representam desafios para nossas amadas plantas. É importante ressaltar que, nessa estação, os dias são mais curtos e a rega é menos necessária.

Os cuidados com a horta devem começar no início do inverno, garantindo que as plantas estejam preparadas para enfrentar frentes frias, além do risco de pragas e doenças. Uma prática de grande importância é a capina adequada da horta. É recomendado remover as plantas daninhas, eliminar as plantas mortas e descartar produtos danificados que possam abrigar doenças prejudiciais às futuras plantas hortícolas.

Após a capina, é necessário nutrir o solo. Recomenda-se cavar a terra e adicionar adubo, renovando-a e preparando-a para novas mudas e sementes, garantindo colheitas abundantes no início do verão.

Para aqueles que não desejam plantar ou semear durante esse período, é importante proteger adequadamente as culturas existentes. Nesse caso, é possível utilizar cobertura morta, como folhas ou esterco, para isolar as raízes das plantas do frio.

Horta dentro de casa

Uma alternativa viável é ter uma horta interna, o que requer menos precauções para a sobrevivência das plantas no frio e mau tempo. No entanto, é necessário observar alguns fatores. A luz natural é fundamental para o desenvolvimento das culturas, mas durante o outono e o inverno, os dias são mais curtos e a intensidade do sol diminui. A maioria das plantas necessita de exposição regular à luz do dia.

Dessa forma, é possível criar uma pequena horta interna de inverno com poucos materiais, plantando mudas diretamente em vasos. Essa opção é ideal para germinar sementes de frutas e hortaliças, que requerem pouca luz e crescem bem no inverno, permitindo desfrutar de produtos frescos rapidamente.

Outra opção é o plantio em varandas, sacadas ou peitoris de janelas usando caixas ou jardineiras. Isso permite expor as plantas à luz. Para culturas de ciclos mais curtos, essa é uma forma de colher alimentos algumas semanas após o plantio.

Quais variedades plantar no inverno?

No inverno brasileiro, por exemplo, que apresenta grande diversidade climática em suas diferentes regiões, é possível semear hortaliças como rúcula, chicória, cenoura, agrião, brócolis, repolho, almeirão, entre outras, além de salsinha, cebolinha e manjericão.

Se preferir então aguardar o plantio de novas plantas na primavera, o inverno é uma ótima época para reorganizar a horta. É possível repensar a estrutura da horta para facilitar o acesso às culturas. Dependendo do tamanho, é um bom momento para expandi-la e cultivar mais variedades.

 

Valter Casarin é Coordenador Científico da NPV. A Nutrientes para a Vida nasceu com objetivo de melhorar a percepção da população urbana em relação às funções e os benefícios dos fertilizantes para a saúde humana.

 

Créditos: Freepik